Home / Concurso Público / Concurso Nacional Unificado É Confirmado E Detalha Proposta

Concurso Nacional Unificado É Confirmado E Detalha Proposta

Advertisements

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos começou a discutir, na sexta-feira (25/08), a criação de um Concurso Nacional Unificado. Segundo a pasta, a ideia é fazer a aplicação de uma prova, que vai ser realizada sem 180 cidades do Brasil. Por meio dela, pretendem preencher cerca de 8 mil vagas em diversos órgãos federais.

Semelhança com o Enem

O sistema seria similar ao ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). No caso, seria utilizar a nota do Concurso Nacional Unificado para o acesso às vagas da mesma forma que se usa a do Enem para o acesso a faculdades e universidades em todo o Brasil.

A ideia é que candidatos e candidatas classificados(as) preencham vagas em diversos órgãos federais, como ministérios e autarquias. “Este projeto é inovador e ousado. Com isso, criamos um critério de justiça de acesso às vagas públicas como nunca ocorreu antes na história do Brasil”, explicou o secretário de Gestão de Pessoal, José Celso Cardoso Jr.

Coordenação Geral e cronograma do Concurso Nacional Unificado

O certame deve ser organizado a partir de uma Coordenação Geral. Esta deve ser composta pelo MGI, o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômico Aplicada), a ENAP (Escola Nacional de Administração Pública) e a AGU (Advocacia Geral da União (AGU).

Segundo o secretário, a adesão dos ministérios ao Concurso Nacional Unificado é voluntária. Além disso, o edital deve ser publicado até dezembro. A aplicação da prova está prevista para 25 de fevereiro de 2024. Há um cronograma estimado, conforme divulgado pela pasta:

  • 25/08/2023 – apresentação da proposta;
  • até 20/09/2023 – ato normativo do Ministério da Gestão criando comitê organizador;
  • até 29/09/2023 – adesão dos Ministérios ao Concurso Nacional Unificado;
  • até 20/12/2023 – divulgação do edital;
  • 25/02/2024 – aplicação das provas;
  • 04/2024 – divulgação dos resultados;
  • 06 a 07/2024 – curso de formação.

Quantas vagas devem ser disponibilizadas?

A previsão das vagas que devem ser disponibilizadas, por setor da administração pública federal, no Concurso Nacional Unificado é a seguinte:

  • Administração e Finanças Públicas: 580
  • Setores Econômicos, Infraestrutura e Regulação: 1.015
  • Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário: 1.040
  • Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação: 1.194
  • Políticas Sociais, Justiça e Saúde: 1.470
  • Trabalho e Previdência: 940
  • Dados, Tecnologia e Informação Pública: 895
  • Nível Intermediário: 692
  • Total de vagas: 7.826

Provas em todo o Brasil

Os locais de prova devem ter a seguinte distribuição por região:

  • Norte: 39 municípios
  • Nordeste: 50 municípios
  • Centro-Oeste: 18 municípios
  • Sudeste: 49 municípios
  • Sul: 23 municípios

Existe ainda a previsão de que os candidatos e candidatas passem por duas etapas, na mesma data. Ela está prevista para 25/02/24, num domingo). Assim, a avaliação se dará por provas objetivas, com uma matriz comum a todos os cargos, e provas específicas e dissertativas, por blocos temáticos.

  • 1ª etapa – prova objetiva de conhecimentos gerais;
  • 2ª etapa – prova objetiva de conhecimentos específicos e prova dissertativa

No final de setembro, deve ser publicado o ato que irá definir o comitê organizador do Concurso Nacional Unificado. Também deve ser divulgado um detalhamento maior de como os órgãos que desejam participar da seleção.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *